Resultados 1 a 5 de 5
  1. #1

    Anatel remove restrições para operadoras virtuais (MVNOs)

    A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou na última quinta-feira (17) uma alteração nos regulamentos estabelecidos para as chamadas operadoras de serviço móvel virtual (MVNOs) – companhias sem rede ou frequências próprias, cujo serviço se baseia em redes de outras operadoras por meio de compras via atacado de minutos, SMS, dados, etc. A instituição removeu certa restrição que impossibilitava que prestadores virtuais “credenciados” fossem controlados ou controladores de outros pertencentes à mesma área.

    A alteração mirou no artigo 54 do regulamento de MVNOs, aprovado em 2010, de forma que agora uma mesma operadora de serviço móvel virtual atue de duas maneiras em uma mesma área geográfica. Embora a discussão original a respeito desse modelo de negócios tivesse considerado a exclusão da proibição para operadoras credenciadas, apenas a exceção à operadoras estatais foi derrubada, permanecendo a restrição mais geral.

    “Essa discussão de que a credenciada não pudesse ser controlada ou coligada não estava no relatório original, [de forma que] foi um erro material”, afirmou o presidente da Anatel, João Rezende.

    Necessidade de mercado
    A reavaliação da Anatel concernente às operadoras virtuais deveu-se, entre outros motivos, a certa insipiência do modelo no mercado brasileiro – que simplesmente não embalou conforme se esperava. “São apenas 407 mil usuários [de MVNOs] no país, representando 0,16% do total de acessos - 90% destes concentrados em uma única empresa”, conforme ponderou o relator Igor de Freitas. Para efeitos de comparação, há atualmente no mundo aproximadamente 1000 operadoras dessa natureza, a maior parte em território europeu.

    Conforme o relatório oficial da agência, faz-se necessária uma revisão mais ampla das regras associadas às MVNOs. Ainda de acordo com o documento, o preço permanece como a barreira mais expressiva para essas operações, seguido de perto por dificuldades de compartilhamento de infraestrutura.

    “Essa é uma espécie de exploração industrial, com características próprias, que pode fazer diferença no cenário dos próximos 10 anos, tanto em novas aplicações como também na competição em diferentes regiões mal atendidas do Brasil – visto que temos 1,6 mil municípios onde apenas uma proprietária de infraestrutura móvel”, avaliou Freitas.

    Com informações do Mobile Time
    Matéria completa: corporate.canaltech.com.br
    O conteúdo do Canaltech é protegido sob a licença Creative Commons (CC BY-NC-ND). Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.
    Veja como localizar celular Samsung roubado ou perdido, usando um aplicativo oficial da Samsung.

    Veja aqui, como bloquear o IMEI e porque você deve bloqueá-lo em caso de perda ou roubo.

  2. #2
    Nível 38: 1ª conta para pagar Avatar de Matthew
    Desde
    Oct 2015
    Localização
    Campinas - SP
    Posts
    695
    Eu não conheço uma alma viva sequer que use essas operadoras... rsrs :S

  3. #3
    Nível 37: Membro do clube de xadrez Avatar de andersonmleite
    Desde
    Feb 2016
    Localização
    Belo Horizonte
    Posts
    499
    Citação Postado originalmente por Matthew Ver Post
    Eu não conheço uma alma viva sequer que use essas operadoras... rsrs :S
    2 rsrs

  4. #4
    A Porto Seguro foi a primeira operadora móvel virtual a entrar em operação no Brasil. A Anatel reportou os primeiros celulares da Porto Seguro em 17/08/2012 e da Datora em Fevereiro de 2013.

    A Terapar atua na rede da CTBC.

    A Anatel outorgou em setembro de 2015 autorização para a EUTV S.A. atuar como MVNO na forma de autorizada. A operadora deverá usar a marca Surf Telecom e utilizará frequências da TIM.


    MAIS AD ( Assembleia de Deus)
    Lançada em 1º de outubro de 2015, a MAIS AD ( www.maisad.com.br ), é a operadora de móvel virtual da Assembleia de Deus que opera como credenciada da Vivo e utiliza a Movttel como enabler.

    Sisteer
    Em Jun/13 anunciou um acordo de cinco anos com a Telefônica Vivo para um projeto de MVNO no Brasil (modelo de autorizada).

    Operadoras
    A TIM e a Vivo são as operadora mais ativas no lançamento de MVNOs.
    Fonte: http://www.teleco.com.br/mvno_br.asp
    Veja como localizar celular Samsung roubado ou perdido, usando um aplicativo oficial da Samsung.

    Veja aqui, como bloquear o IMEI e porque você deve bloqueá-lo em caso de perda ou roubo.

  5. #5
    Nível 84: Homem de Aço Avatar de mmelo76
    Desde
    Feb 2016
    Localização
    Caieiras - SP
    Posts
    6.756
    O Plano da Porto seguro (Conecta+) é muito bom para quem é cliente e/ou tem cartão. Você paga R$129,90 e fala ilimitado para qualquer operadora fixo e móvel. O único problemas, na verdade são 2 pra mim:

    - Aparentemente eles usam a antena da TIM que aqui na região não funciona
    - Não possui plano família ou incluir dependentes como a maioria das operadoras...então teria que comprar 2 pagando muito mais do que pago hoje e com sinal ruim, para não dizer péssimo.
    Sem Smartphone
    Dell XPS 18 Portable AIO 18.4 Multi-touch
    i3 | 12GB RAM | 480GB SSD - Windows 10 Pro
    Designer Bluetooth® Desktop
    É novo no Fórum? Seja Bem Vindo! e dê um Oi para Galera
    Apresente-se aqui! e Curtir posts ajuda aumentar seu nível no Fórum...