Citação Postado originalmente por thiagomocci Ver Post
Se a mudança for só na adesão, acho coerente.

Mas de verdade, enquanto não criarem algum "valor mínimo de compra" pra manter o plano, uma mensalidade só de manter a linha ou algo do tipo, o plano vai ficar em uma zona cinzenta preocupante.

Afinal, eu quero ter liberdade de não precisar comprar nada um ou dois meses mas, não quero que o plano vire um centro de "ex-usuários de pré-pago que nunca recarregam".

É aquilo que eu repito direto... Rede ta ai pra usar mas, exige manutenção. Pra que seja possível que alguém compre apenas 1 GB de Internet e fique 1 ano inteiro sem pagar nada, outro ta pagando mais caro por esse 1 GB, pra manter os custos no azul.

Por mim, o Easy poderia ter uma "Taxa de Consumação Mínima Mensal" de uns R$ 12 que gera R$ 10 em créditos Easy válidos por 90 dias (acumulativos, descontados da próxima compra). E sempre que fizer uma compra, cada R$ 10 pagos vale 1 mês sem a cobrança da taxa, acumulativos até uns 12 meses (uma compra de R$ 124,99, por exemplo).

Isso manteria o plano sem validade e com um consumo mínimo claro. Pra ajudar a aumentar o consumo dos usuários por mês, os Desafios Easy oferecendo combos de compras, é uma boa opção. Eu gosto de não gastar Internet ao acessar o Facebook com diárias, mas acho caro pro meu uso. Eu compraria 30 diárias de Youtube se ganhasse 10 diárias de Facebook, por exemplo, mesmo já tendo diárias de Youtube, só pra acumular e aproveitar a promoção.
Thiagomocci, colocar um "valor mínimo" em um plano como o Easy vai "detonar" a oferta. Acho que a ideia do "Vivo Easy" é justamente pagar quando usar, sem prazo para utilizar os benefícios e sem valor mínimo.

Se a operadora faz promoção (como vem fazendo aos poucos, incentivando a compra através da bonificação de algum crédito), os usuários vão utilizar mais. Ou seja, esse plano se encaixa em um perfil de uso muito específico.