VIVO, VIVALDINA!
Viés vigarista, avilta a vilania de vil vilão!
Vinte de abril, violentado virilizou a virose virtual: sem sinal (telefone, internet, televisão!).
Virtuosíssima, a VIVO virou visonha! Vistoria, vistoria, mas os vitimários vilipendiados vincula vigilante vigília vinheta:
- Nas vindouras vinte e quatro horas, vistoria técnica!
Muito viva a VIVO!? Não!?
01 de maio: 13 dias de viscosidade da VIVO! SEM SINAL (TELEFONE, INTERNET, TELEVISÃO)
THYENE RABELLO