A MP 690 acaba com o incentivo fiscal da Lei do Bem que eliminava o PIS/Cofins de 9,25% nos smartphones, tablets e desktops.

Nome:      CSC_04791.jpg
Visitas:     178
Tamanho:  82,6 KB

O Congresso Nacional prorrogou hoje, 21, por 60 dias a Medida Provisória 690, que acaba com a isenção do PIS/Cofins sobre os smartphones, computadores e tablets. A MP foi publicada em agosto e faz parte do ajuste fiscal do governo. Nesta mesma MP também há o aumento do IPI para bebidas quentes e aumento do imposto de renda sobre o direito de imagem.

Foram prorrogadas ainda, conforme publicação no Diário Oficial da União, as MPs 691, que trata do programa de venda de imóveis da União e a 689 que trata do plano de seguridade do servidor público licenciado.

Fonte: Tele.Síntese