Resultados 1 a 2 de 2
  1. #1

    Posso ter internet Vivo Fixa sem ter telefone?

    Gostaria de saber se tem como eu ter internet vivo fixa sem ter telefone, no momento nao estou interessado em ter Telefone na minha residencia.

    Grato.

  2. #2
    Olá @guimimocas, Boa tarde!

    Sim, você pode contratar o serviço Vivo Internet Fixa Solo no estado de São Paulo.


    Conheça os planos disponíveis abaixo:

    - Vivo Internet Fixa 250Kbps: mensalidade de R$ 29,80 e não há cobrança de infraestrutura. A Vivo Internet Fixa Solo 250Kbps tem uma franquia de 10 Giga de utilização, que promocionalmente não será contabilizada.

    - Vivo Internet Fixa 4Mbps: mensalidade de R$ 89,80 e há cobrança de infraestrutura. A Vivo Internet Fixa Solo 4Mbps não tem cota de consumo mensal. A cota para esta versão é ilimitada (não inclui plano mensal de consumo de megabytes). Habilitação da Vivo Internet Fixa: Infraestrutura (necessária para instalação Vivo Internet Fixa): 10 x de R$ 9,90.

    - Vivo Internet Fixa 10Mbps: mensalidade de R$ 99,80 e há cobrança de infraestrutura. A Vivo Internet Fixa Solo 10Mbps não tem cota de consumo mensal. A cota para esta versão é ilimitada (não inclui plano mensal de consumo de megabytes). Habilitação da Vivo Internet Fixa:
    Infraestrutura (necessária para instalação Vivo Internet Fixa): 10 x de R$ 9,90.



    A velocidade anunciada de acesso e tráfego na Internet é a nominal máxima, podendo sofrer variações decorrentes de fatores externos. A velocidade instantânea mínima da Vivo Internet Fixa é de 40% da velocidade máxima contratada, nos termos da Resolução 574/2011 da Anatel.

    A instalação da Vivo Internet Fixa Solo está sujeita à aprovação de cadastro, disponibilidade e condições técnicas no imóvel do cliente. A velocidade está sujeita a variações de acordo com as condições da rede ou do conteúdo acessado pelo cliente.



    Nota: Os planos disponíveis do Vivo Internet Fixa Solo poderão, a qualquer momento, serem alterados pela Vivo. Para mais informações sobre o serviço clique aqui.


    Éliton Alonso