Por Redação

De acordo com fontes do AdAge, a Amazon estaria desenvolvendo uma versão "freemium" do Prime Video, seu serviço de streaming de filmes e séries. A ideia seria abrir a plataforma para uma maior quantidade de usuários, que receberiam conteúdo publicitário caso optassem pelo plano gratuito.

Atualmente, a assinatura anual do serviço nos Estados Unidos é de US$ 99, enquanto, aqui no Brasil, o serviço chegou no final de outubro custando R$ 7,90 por mês durante os primeiros seis meses de contrato, passando para R$ 14,90 mensais após esse período.

Ainda que o serviço não ofereça, por enquanto, um catálogo tão extenso a ponto de competir com afinco com a Netflix no Brasil, a Amazon vem trabalhando para que seu streaming se torne competitivo. E oferecer o acesso grátis, mesmo contendo publicidade, pode ser uma boa estratégia para tal, ainda que não esteja claro se a versão grátis do serviço chegará ao Brasil assim que for lançada nos Estados Unidos.

Um número cada vez maior de pessoas está abandonando os canais tradicionais de televisão, mesmo os por assinatura, migrando seu entretenimento para o streaming virtual. E a Netflix é a líder absoluta neste mercado, que, aqui no Brasil, já conta com serviços paralelos, como o Looke, por exemplo.

A questão que fica, por enquanto, é se os usuários acharão bacana acessar o serviço gratuitamente sabendo que poderão ter sua transmissão interrompida para a exibição de um anúncio, mais ou menos como acontece com o YouTube. Contudo, pode ser que os usuários não se importem muito com essa publicidade, já que poderão assistir a filmes e séries sem gastar nem um centavo por isso, de maneira legal e sem dificuldade.

Fonte: The Verge

Leia mais em Canal Tech