Resultados 1 a 3 de 3
  1. #1

    Parasita comedor de língua de peixes

    Cymothoa exigua entra no corpo de peixes pelas brânquias e então se agarra a base da língua do peixe.

    Os tão conhecidos e apreciados Crustáceos no aquarismo, nomeadamente os camarões e caranguejos, também tem representantes não tão apreciados, os parasitas. Entre os mais conhecidos estão o Verme Âncora (Lernaea sp.), o Piolho de Peixe (Argulus sp.) e o mais estranho desses, o Parasita comedor de língua (Cymothoa exigua).
    O Parasita comedor de língua têm esse nome comum pelo fato de, já notório em seu nome popular, aderir-se à língua do hospedeiro, sugando-lhe sangue e causando atrofia, até o ponto de substituir a língua do hospedeiro se ligando à base do músculo lingual, único caso registrado em que o hospedeiro substitui um órgão do animal.

    Outro fato curioso é que apenas a fêmea do parasita realiza essa proeza, através de ganchos especializado, mas o macho, menor, prefere aderir-se às guelras (brânquias) do peixe hospedeiro (Alvarez & Flores, 1996).

    A forma de ingresso de ambos ainda se dá na fase juvenil, onde o parasita usa como porta de entrada as brânquias.
    Ciclo de vida da Cymothoa exiguaApesar da estranheza para nós aquaristas, esse parasita é relativamente comum em mares no entorno de todo o planeta, como por exemplo no Pacífico oeste, tanto norte (Califórnia) quanto sul (Equador), Pacífico Leste (Brusca, 1981), Mar do norte (Reino Unido), também registrado recentemente no Mar Vermelho (Al-Zubaidy & Mhaisen, 2013) e, pasmem, até em águas brasileiras (Natal-RN), registrado por Thatcher et al. (2007) em Oligoplites saurus.

    E lembremos que muitos desses mares fornecem centenas de peixes ornamentais marinhos (POOM) para nossos Reef’s, chegando através de importações.
    Peixe palhaço Skunk (Amphiprion sandaracinos)E quem quer um parasita desses em nossos queridos (e caros) peixinhos, como no “Nemo”? E uma vez contraído a reprodução desse parasita é facilitada por ele ser um hermafrodita e não necessitar “largar” o hospedeiro para reproduzir, uma fêmea chegando a produzir 600 ovos (Ruiz & Madrid, 1992).Apesar de querermos veementemente combater esses parasitas à todo custo, devemos também compreender que diversos desses tem seu papel biológico em fases distintas, pois desempenham um papel importante na cadeia alimentar, em particular na remoção de material de natural em decomposição.Não se preocupe com a Cymothoa exigua

    Em uma de suas publicações (Nemo’s Mouth-Full), a fotografa e mergulhadora Els Van Den Borre, relata que o parasita não faz mal nenhum!
    “Desde a minha descoberta em Lembeh, esse parasita comedor de língua de peixe se tornou uma obsessão pessoal. Em nossos mergulhos subsequentes, eu comecei a procurar por peixes de anêmonas infectados pelo parasita. Esse parasita é geralmente bem benéfico ao animal. Eles protegem os seus hospedeiros contra doenças, mantendo-os limpos e removendo outros parasitas que geralmente causam problemas, e geralmente os danos causados ao hospedeiro não são significativos, criando uma relação duradoura entre ambos.
    Mas há casos que os parasitas crescem tanto que começam a ter acesso ao esfôfago dos animais, bloqueando-o e consequentemente causando a morte do hospedeiro. Em pouco tempo minha coleção de fotos desses parasitas cresceu, logo o parasita se tornou benéfico para mim. Eu batizei a foto de desses peixes de anêmonas com a boca aberta e infectados pelo parasita de “boca-cheia”. Na primavera, “boca-cheia” recebeu o primeiro lugar na categoria de Macro Avançado no NCUPS International Underwater Photography Competition SEA 2013. E agora a mesma foto recebeu menção honrosa em um concurso da Scuba Diving Magazine.
    Finaliza a fotografa.CuriosidadesComo última curiosidade sobre esse parasita, agora se tratando de nós, humanos, a BBC News Setembro , 2009 noticiou um caso em que o Cymothoa exigua foi o pivô de um processo legal contra uma grande rede de supermercado, onde o consumidor que entrou com o processo alegou que havia sido envenenado ao comer o isópode dentro do peixe, provavelmente esse em questão.
    Consumidora achou Cymothoa exigua em uma lata de atum. (Créditos: Metro.co)Nesse caso, porém, sabe-se que isópodes não são venenosos para humanos e que alguns são inclusive consumidos como parte de uma dieta regular.

    Na dúvida, ainda bem que não comemos peixes ornamentais.

    Agradecimentos: Edson Lopes e Marcos Bomfim
    Fonte: aquaa3.com.br

    E ai, você escovou a sua língua?
    Veja como localizar celular Samsung roubado ou perdido, usando um aplicativo oficial da Samsung.

    Veja aqui, como bloquear o IMEI e porque você deve bloqueá-lo em caso de perda ou roubo.

  2. #2
    Nível 71: Forest Gump Avatar de Josemsud
    Desde
    Jul 2015
    Localização
    São Paulo
    Posts
    4.962
    Excelente tópico meu amigo!
    Telefones úteis

    Sac Vivo Móvel
    Cel: *8486
    Tel: 1058 (no atendimento digite o número da sua linha de celular com DDD quando solicitado)

    Sac Vivo Fixo
    10315

    Auxilio a Lista
    102

    Vivo Fibra
    10615

    Ouvidoria
    0800 775 1212 (funcionamento de segunda a sexta, nos dias úteis, das 08h às 18h)

    Anatel
    1331 (funcionamento de segunda a sexta, nos dias úteis, das 8h às 20h)

  3. #3
    Nível 43: Carteirinha de estudante Avatar de Deystan
    Desde
    Dec 2016
    Localização
    Vila Velha
    Posts
    1.633
    Esses bixinhos são terriveis.
    Instagram - correarodrigues_ segue lá

    To precisando de um celular ... Alguém quer enviar ?