A Brasil Pré-Pagos e a Visa começam a oferecer a partir desta quarta-feira, 23, a pulseira de pagamento pré-pago BPPTag. O wearable chega ao mercado por R$ 79 com uma carga inicial de R$ 20 (total investido, R$ 99) na conta virtual da pulseira. A BPPTag começará a ser vendida no site do produto.

A pulseira utiliza a tecnologia NFC (Near Field Communications), que realiza ao pagamento quando aproximada da máquina de cartão (POS). Por sua vez, a recarga financeira e outras funções, como gerenciamento de conta, visualização de extrato, realização de transferências, checagem de saldo e pagamento de contas, podem ser feitas por meio do site ou do app da Brasil Pré-Pagos (Android, iOS).

Antes de usar o wearable, vale frisar:

  • Dicas de uso

- Não são todas as maquininhas de cartão (POS) que aceitam pagamento via NFC, a pessoa deve checar antes se a maquineta tem impresso um ícone de três ondas
- Por funcionar como pré-pago, o pagamento com a BPPTag só pode ser feito na opção débito
- Nas compras com valores acima de R$ 50, o usuário deve digitar sua senha
- E um bipe da maquineta confirmará a transação sempre que efetuada

O dispositivo de pagamento móvel (também conhecido como 'cartão de vestir') funciona à prova d’água e está disponível em sete cores – preto, azul, lilás, branco, amarelo, verde e vermelho. Feita 100% de silicone elástico, mede 22,5 cm de comprimento x 2,5 cm de largura x 5 mm de espessura e pode ser usada por pessoas com pulsos de até 19 cm.

O uso do dispositivo vestível de pagamento móvel não é novidade no Brasil. Durante os jogos olímpicos e paralímpicos do Rio de Janeiro, a Visa testou a tecnologia em São Paulo e no Rio de Janeiro em uma parceria com a Bradesco Cartões.