Se você chegou até aqui é porque coloca a segurança da sua empresa em primeiro lugar. Então, descubra o que é um antimalware, quais são os seus usos, o que há disponível nesse sentido no mercado e quais são as diferenças em comparação aos antivírus.

Para falar de antimalware precisamos entender o que é um malware. Essa palavra estranha para alguns tem um significado ao pé da letra: mal (malicioso) ware (software). Ou seja, qualquer software que tenha más intenções. Sempre conectado à web, esses programas têm o poder de infectar computadores corporativos e domiciliares, tudo por meio da internet.


Entre os tipos mais comuns de malware, estão os Cavalos de Tróia, adware, phishing, pyware, worms, rootkits, ransomware e sequestradores de navegador. Esses softwares maliciosos são utilizados por diversos motivos.

O principal motivo, são hackers em busca de roubo de informações confidenciais, como senhas e dados pessoais. Assim, conseguem roubar dinheiro ou realizar atos contra sistemas políticos ou de segurança empresarial.

No caso de e-commerces, por exemplo, são altamente nocivos pela capacidade de “derrubar” qualquer site em poucos segundos. Já para empresas, são a porta de entrada para a rede e suas informações confidenciais. Por isso, é fundamental redobrar a atenção nesse sentido!

Entendendo essa realidade, os antimalwares chegam, exatamente, para quebrar essas ameaças que todos estão suscetíveis ao navegar pela internet. Ou seja, funcionam como um bloqueio para qualquer tipo de invasão ou roubo de informações.

Inclusive, um antimalware de qualidade funciona como um scanner que detecta, bloqueia, remove e protege os computadores e redes contra ações maliciosas.

Esse monitoramento feito por um antimalware, por exemplo, se difere dos antivírus. E o motivo é simples: os vírus são apenas uma das categorias de um malware. Por isso, os sistemas de combate costumam ser mais robustos. Há, por exemplo, produtos como antispyware, antiphishing e soluções antispam.

Atualmente, existem diversas opções de antimalware no mercado com o potencial de localizar e remover todo e qualquer tipo de vestígio de malware encontrado. Aliás, há versões gratuitas e pagas.

No entanto, mesmo com tantas opções, para a escolha e o uso confira quais atendem melhor às necessidades da sua empresa. Quanto mais confidencial, maior a necessidade de aumentar a potência da segurança.

Atenção sempre para deixar é fundamental que os usuários mantenham todos os softwares atualizados, incluindo os sistemas operacionais e todos os aplicativos. Cuidados importantes antes de abrir quaisquer arquivos e e-mails de desconhecidos ou clicar em links e sites duvidosos. Os softwares te auxiliam, mas a melhor proteção está em unir a tecnologia com o bom senso e a inteligência humana.

Para reforçar a tecnologia, a dica de ouro é tomar os cuidados importantes antes de abrir quaisquer arquivos e e-mails de desconhecidos ou clicar em links e sites duvidosos. Os softwares te auxiliam, mas a melhor proteção está em unir a tecnologia com o bom senso e a inteligência humana. Pense nisso e coloque em prática na sua empresa!

Sempre proteja seu computador e os dados da sua empresa, para ler o texto na integra e mais informações acesse o blog do VIVO Empresas.