Pedi para instalar fibra ótica da Vivo, de 300 mega, com portabilidade para a linha fixa. Atualmente assino 120 mega da net. Completou um ano agora em 2019. Antes disso eu já tive GVT de 2009 a 2018, a última velocidade sendo 50 mega.

Pois bem, no dia da instalação o técnico não aceitou passar o cabo da fibra do poste até o meu quarto, depois que outros técnicos chegaram alegaram que seria preciso instalar uma central no armário que fica lá embaixo, eu moro no primeiro andar. Disseram que uma equipe de adequação, cabeamento predial, iria ligar para o síndico o responsável pelo edifício E verificar essa questão posteriormente.

Após eu reclamar na Anatel enviaram dois técnicos aqui e não conseguiram passar um cabo vindo da rua até o meu armário, onde estão outras operadoras, inclusive a NET. Foi constatada uma obstrução tanto vindo do meu armário para rua como da rua para ele. Ele chegaram a quebrar algumas pedras no piso do edifício, mas não encontraram nada, apenas esgoto e tubulação de água.

Aparentemente o cabo que vem da rua está saindo do armário e passando diretamente pelo meio da garagem, depois fazendo a curva em algum lugar e indo para a rua. Quando o técnico levantou a pedra lá fora ele me mostrou três cabos pretos e grossos vindos do poste. Então, para resumir, meu edifício antigo está com o velho problema de tubulação entupida, não projetada para acompanhar o avanço tecnológico, apenas para telefonia.

Quem paga essa conta da adequação não é a Vivo?

Antes da equipe que adequação vir até o meu local esses instaladores disseram que a Vivo é que é encarregada de qualquer obra para adequar o prédio, bem como instalar a central deles, Sendo que nenhum centavo seria cobrado tanto meu como do condomínio.

O problema é que ficaram de voltar, no caso a equipe de adequação, posteriormente, ou ligar para mim. Só que dias depois eu liguei para a central de atendimento da operadora e fui informado que pelo prazo ter se excedido a instalação havia sido cancelada e vagas para o meu armário haviam acabado. No entanto ao pesquisar pelo meu endereço e pelo número da minha rua no site da VIVO eu constatei que está marcado como inviabilidade técnica para minha região. Aí eu tive a ideia de refazer o pedido de instalação apenas trocando o número da rua (OBS: ainda assim ao chegar aqui o técnico tocará no meu interfone), e para minha surpresa o pedido foi aceito. Obviamente eu reclamei na Anatel e no site consumidor.gov.br e ficaram de enviar uma equipe aparentemente para ou instalar o verificar de novo a adequação nesta sexta-feira. Essa verificação foi dita pelo atendente na resposta do consumidor.gov.

Mas diante do descaso original eu não estou confiante de maneira alguma que a operadora irá se esforçar o mínimo que seja para ou fazer o cabeamento predial ou tentar instalar dessa ou de outra forma menos cômoda, eu sugeri no dia da instalação passar o cabo pelo esquema de varal, tal como se instala antena para televisão e da mesmíssima forma que está instalada a NET, apesar que eu acho que até a NET está com uma central no meu armário, então É provável que quando a NET veio para cá ela é quem entupiu de vez a tubulação.