Resultados 1 a 3 de 3
  1. #1

    Vivo Ads pode ser suspenso pelo Ministério Público

    Operadora é acusada de violar dados de usuários com o serviço. Procurada, a Vivo afirma que segue a legislação vigente.





    Há quem diga que nada é de graça na internet. Se for, significa que nós somos os produtos. A atual polêmica que envolve o serviço Vivo Ads, ofertado pela operadora, esbarra nessa questão. O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) pediu à Justiça que suspendesse o produto.

    A Vivo é acusada de violar dados de usuários. Com o serviço, clientes sem franquia de dados podem assistir propagandas e ganhar acesso à internet como troca. A ação segue protocolada pela Unidade Especial de Proteção de Dados Pessoais e Inteligência Artificial (Espec) do MPDFT.

    Segundo os promotores envolvidos, o serviço coleta dados de perfil, geolocalização, histórico de navegação e lugares frequentados por todos os clientes. Os consumidores usam sem esse conhecimento.

    Todas informações pessoais registradas são utilizadas para direcionar o marketing, traçar o comportamento dos usuários e oferecer serviços de acordo com a demanda de cada consumidor.

    Os promotores explicam que Telefônica tem dois tipos de ganhos com essa operação. O primeiro é o ato da contratação de um serviço, seja ele controle, pré-pago ou pós. Já o segundo, vem pela venda de dados pessoais para outras empresas.

    A lógica de mercado é a mesma utilizada por redes sociais como o Facebook. A prática gera polêmicas e processos para a gigante da internet. Afinal, é uma grande coleta de dados e ninguém tem conhecimento do que é feito com as informações pessoais dos usuários que utilizam a rede.

    De acordo com o Ministério Público, a Vivo atualmente tem 73 milhões de usuários ativos. Desses, 43 milhões consentem para que a empresa utilize cadastros e 26 milhões permitem acesso aos dados de localização.

    Em nota para a imprensa, a operadora informa que ainda não foi citada na ação e cumpre a legislação vigente.

    Fonte: Minha Operadora

  2. #2
    Acho difícil o Vivo Ads violar dados pq nunca tem propagandas disponíveis kkkkk em todas as vezes que entrei fiquei na mão
    Utilize o código FREEWPP30 para ganhar 30 dias para uso do WhatsApp sem descontar da franquia de dados(exceto chamadas no app) na adesão ao Vivo Easy, um plano muito completo, com muito a te oferecer!

  3. #3
    As vezes o brasil parece um imenso sanatório.

    Se eu visse essas pessoas reclamando disso, eu ligava pro 192 e discretamente diria, tem uma pessoa surtando aqui, tragam a camisa de força.

    Lembrando que as pessoas fornecem os dados se quiserem, sendo uma opção para quem não pode ter internet em determinados momentos.
    Código de Convite Vivo Easy: EASY1

Tópicos Similares

  1. Justiça agora pode enviar intimações pelo WhatsApp
    Por Josemsud no fórum Assuntos Gerais
    Respostas: 3
    Último Post: 21-11-18, 06:58 PM
  2. Ministério Público Consumidor
    Por WesleyMeneses no fórum Ajuda
    Respostas: 3
    Último Post: 13-07-18, 04:31 PM
  3. Respostas: 6
    Último Post: 02-06-18, 02:08 PM
  4. Respostas: 4
    Último Post: 05-12-17, 11:42 AM
  5. Respostas: 6
    Último Post: 19-10-17, 10:24 AM