Citação Postado originalmente por thiagomocci Ver Post
Eu me pergunto como operadoras de lá conseguem oferecer até acesso a vontade fora do país e daqui pra lá tem todo esse custo.

Será que é só contrato mesmo? Claro, vão mais brasileiros pra fora do que vem gringo pra cá. Mas como pode?

Até uns R$ 40 por uns bons minutos e uns 500 MB de Internet não são possíveis, poxa? Tem que pagar R$ 70 por 100 MB?
Uma vez comprei um chip na inglaterra, desses pré-pagos comuns, custou uns R$ 100,00 válido por 30 dias, o plano de dados se chamava "all you can eat" (tudo que você conseguir comer), ou seja, ilimitado, mas, usando fora de lá só podia usar 12 Gb. http://www.three.co.uk/support/roaming/Brazil#payg

Lembrando que na época um plano com 4 Gb de internet no brasil custava R$ 120,00 pra cima. Ou seja, já teve época que era mais barato ir lá, comprar o chip e usar aqui, do que usar um daqui mesmo. Mas a culpa disso não é das operadoras. Lá tem o VAT, "imposto de valor agregado", que é 20%. Aqui as operadoras pagam mais de 5000 impostos diferentes pro governo federal, pro governo estadual, pro governo municipal, pagam uma fortuna pra poder ter a licença pra instalar antenas, pagam multas aleatórias, respondem e pagam processos trabalhistas geralmente sem sentido, assim fica difícil.

Uma coisa difícil nesse chip é colocar carga. Só tem duas formas de colocar recarga: 1) indo em qualquer lugar que venda recarga (a recarga é um cartão com 16 números que manda por SMS pra um número lá) 2) usando um cartão de crédito emitido lá, ou seja, pegar um cartão daqui internacional não funciona. ***3*** pagar alguém pra ir numa loja, comprar um cartão de recarga e mandar pra ti a foto, tem gente que oferece isso no ebay.