VIVO, VIVALDINA!
Viés vigarista, avilta a vilania de vil vilão!
Vinte de abril, violentado virilizou a virose virtual: sem sinal (telefone, internet, televisão!).
Virtuosíssima, a VIVO virou...