PDA

Ver Versão Completa : Telefonia fixa perde 1 milhão de acessos em um ano



Josemsud
29-09-15, 03:56 PM
http://pompeumg.com.br/portal/images/stories/Noticias/telefonia.jpg


Ritmo de saída de clientes das concessionárias supera o crescimento das autorizadas.

A telefonia fixa no Brasil continuou a perder clientes em agosto. A base agora tem 44,13 milhões de linhas ativas, número 0,78% menor que em julho. Em relação a agosto de 2014, a queda foi de 2,3%. Significa que houve 1.034.402 desligamentos em 12 meses.

Quem mais sofreu no período foram as concessionárias – Algar, Oi, Copel, Telefônica e Claro (que reúne Embratel). Em relação a agosto de 2014, a queda foi de 6,67%, com sangria de 1.729.550 usuários. A redução da base foi compensada pelo crescimento das autorizadas, que de agosto do ano passado a agosto de 2015, ganharam 695.348 assinantes. São autorizadas Algar, BT, Cabo, Oi, Copel, TIM, Telefônica/GVT, Claro, entre outras. A Anatel considera a Copel e a Embratel tanto como concessionárias e autorizadas porque a Copel é acionista da Sercomtel, em Londrina, que tem a base de telefonia residencial, e a Embratel, porque tem algumas linhas sob a concessão, principalmente para cumprir as metas de universalização. Mas a maioria das linhas desses dois grupos está concentrada nas licenças dos serviços privados, ou nas autorizações.

Os números, divulgados hoje, 28, pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) mostram aumento da participação de mercado das autorizadas, que passam a ter 41,28% de share em agosto, ante 40,16% em fevereiro. As concessionárias ainda têm a maior participação, com 58,72% (em fevereiro tinha 59,84%). A densidade do serviço – número de acessos por grupo de cem habitantes – chegava a 21,57.

A Telefônica foi a concessão que mais perdeu assinantes, registrando 292,3 mil desligamentos, 2,95% menos que em julho. A Oi, desconectou 115,9 mil linhas (0,75%). Entre as autorizadas, a Telefônica, através da GVT, contabilizou 29,18 mil novos usuários fixos, um aumento de 0,6% da base. A TIM teve 165,9 mil novos usuários (41% em relação a sua base, de 567,6 mil acessos), enquanto a Claro (Net) ganhou 23,1 mil clientes (crescimento de 0,2%).

Em números absolutos, A Oi mantém a liderança entre as concessões, com 15,4 milhões de linhas. É seguida pela Telefônica, com 9,6 milhões. Entre as autorizadas, a Net é a líder, com 11,6 milhões. A GVT, da Telefônica, fica em segundo, com 4,8 milhões de acessos de telefonia fixa.

Fonte: Tele.Síntese

thiagomocci
30-09-15, 11:47 AM
E mesmo com tudo isso, a Vivo insiste em cobrar até Identificador de Chamadas no fixo em São Paulo, além de cobrar mais caro que o plano ilimitado para fixo da concorrente, por um plano sem minuto algum, só pra ter a linha ativa. Então ok... Deixa como tá mesmo, né?

Josemsud
30-09-15, 11:58 AM
Isso que as vezes me pergunto thiagomocci, quando houve as privatizações a ideia era de iria haver um barateamento dos produtos com isso boa parte da população que na época não tinha condições financeiras de tê-los pudessem adquiri-los. (aumento do mercado consumidor gerando mais lucros para as empresas).

Hoje com a livre concorrência vêmos operadoras como a Vivo insistindo em cobrar funções que em outras operadoras sai de graça para os clientes, porém lá existe a cobrança por locais, nacionais e internacionais através de pacotes o que pra mim seria mais justo e até compreensivo pois cada cliente compraria o pacote que melhor se adapte ao seu perfil.

Acredito que você tenha visto a comparação que fiz da Vivo com uma de suas concorrentes no caso a Claro, vou postar novamente essa comparação.

Claro Fixo

serviços gratuítos:
Identificador de Chamadas
Chamada em Espera
Secretária Eletrônica
Conferência a Três

Valor do plano: R$ 19,90 (ligações locais para qualquer operadora de graça)

Vivo Fixo Simples

Identificador de chamadas - R$ 15,54
Discagem Abreviada - R$ 4,69
Atendimento simultaneo - R$ 6,79
Busca Automática - R$ 6,79 (* Preço válido para a região São Paulo. Para consultar preço em outras regiões, ligue para a Central de Relacionamento.)
Fale com fixos da sua cidade por apenas R$ 0,15/min
Fale com celulares da sua cidade por apenas R$ 0,60/min e com fixos por apenas R$ 0,15/min.

Valor do plano: R$ 29,90

Se o cliente Vivo Fixo não fizer nenhuma ligação gastará no total R$ 63,71 só em serviços!