PDA

Ver Versão Completa : Brecha permite comandar Siri e outras assistentes sem que o usuário escute



Josemsud
07-09-17, 08:21 PM
https://cache.olhardigital.com.br/uploads/acervo_imagens/2017/01/20170131102704_660_420.jpg

ELSON DE SOUZA


Pesquisadores da Universidade de Zheijiang, na China, encontraram uma vulnerabilidade nas assistentes pessoais de celulares e outros equipamentos. Batizado de DolphinAttack, algo como Ataque Golfinho, o golpe consiste em usar comando de voz em frequências ultrassônicas que só podem ser captadas pelos microfones dos aparelhos. A brecha poderia ser usada para ligações ou acessar sites maliciosos, entre outras coisas.

A técnica aplicada pelos pesquisadores é relativamente simples e explora os limites da audição humana. A equipe traduziu a voz humana para frequências acima dos 20 Khz, que só podem ser identificadas pelos microfones dos celulares. Em seguida, o áudio foi tocado próximo ao aparelho da vítima com um celular equipado com um amplificador, um transdutor ultrassônico e uma bateria, conjunto que custa menos do que US$ 3 (cerca de R$ 9,30).

Durante os estudos, os pesquisadores testaram comandos como “Ligue 123-456-7890”, “Abrir dolphinattack.com” e “Abrir a porta de trás”. Isso indica que os hackers poderiam usar a vulnerabilidade para acessar páginas maliciosas, ligar para números estranhos ou até mesmo abrir fechaduras em casas automatizadas.

Para piorar o cenário, a equipe da universidade chinesa descobriu que basicamente nenhum dispositivo com assistentes pessoais, como a Siri, Google Assistente, S Voice e Alexa, está imune a esse tipo de ataque. Até mesmo carros, como o Audi Q3, não impediram o reconhecimento da frequência ultrassônica. O teste foi realizado em 16 aparelhos e em sete sistemas no total.

Por outro lado, há limitações que dificultam o trabalho dos hackers. Para começar, o celular da vítima precisa estar a uma distância máxima de 1,5 a 1,8 metro. Além disso, o usuário precisaria estar muito distraído para não ouvir o som emitido pela Siri ou Google Assistente ao ser ativado e nem tampouco o reconhecimento dos comandos na tela.

Por enquanto, os pesquisadores recomendam que a as fabricantes façam modificações nos microfones dos aparelhos para que esses não aceitem sinais acima de 20 Khz. Outra possibilidade seria cancelar qualquer ordem dada a assistentes pessoais em frequências que não sejam audíveis ao ser humano, conforme publicou (https://www.engadget.com/2017/09/06/alexa-and-siri-are-vulnerable-to-silent-nefarious-commands/) o Engadget.


Fonte: Olhar Digital (https://olhardigital.com.br/fique_seguro/noticia/brecha-permite-comandar-assistentes-pessoais-de-celulares-sem-que-o-dono-escute/70940)

andersonfariah
08-09-17, 12:41 AM
Aí não dá , vamos ver o que dizem as empresas sobre isso

Deystan
08-09-17, 11:20 AM
Bem falado , ainda não dá , mas o que aguarda no futuro ?

Theo_Raeken
08-09-17, 04:28 PM
Pensa? O que mais esse povo vai encontrar em brechas como essas? :eek: