PDA

Ver Versão Completa : Sete palavras para você tirar do seu currículo já.



mmelo76
30-08-17, 05:02 PM
https://conteudo.imguol.com.br/c/noticias/8f/2017/08/24/curriculo-emprego-selecao-rh-1503601083300_615x300.jpg

Com a competição acirrada na busca por um bom emprego, o uso de uma palavra errada pode deixar o seu currículo fora da seleção dos recrutadores. Adjetivos exagerados, expressões óbvias e falta de cuidado na descrição de experiências são alguns dos erros a serem evitados, segundo Léo Capelossi, gerente da empresa de recrutamento Page Personnel, e Luciana Caletti, CEO e cofundadora do site Love Mondays, de avaliação de empresas.

A seguir, veja sete palavras que não devem estar no seu currículo, de acordo com os especialistas consultados:

1 - Criativo

Em vez de escrever simplesmente que é criativo, a dica dos especialistas é falar sobre projetos dos quais já participou ou anexar um link do seu portfólio. "É muito melhor quando o candidato descreve suas últimas experiências com resultados e fatos concretos", diz Caletti.


2 - Hobby

Gosta de surfar, costurar, jogar basquete? Os hobbies nem sempre refletem características relevantes para a vaga que você procura, além de ocupar um espaço precioso que poderia ser usado para mostrar suas habilidades vinculadas ao trabalho.


3 - Objetivo

Se o currículo for enviado junto com um e-mail de apresentação que explica seus objetivos, não é preciso repeti-los. Além disso, citar um objetivo muito restrito no currículo pode limitar as suas chances de arrumar um emprego. O importante é ter experiências consistentes, dizem os especialistas.


4 - Desempregado

Usar a palavra "desempregado" ou dizer que está "em busca de trabalho há muito tempo" pode mostrar fragilidade no momento da apresentação. "O poder de fogo de quem está fora do mercado acaba sendo menor do que o daquele que está trabalhando", afirma Capelossi. As datas das experiências profissionais já são suficientes para informar o recrutador sobre seu estado atual.


5 - Pontual

Escrever que é pontual não acrescenta nada para o recrutador, na opinião do gerente da Page Personnel. "A gente parte do princípio que, se um determinado horário é acordado, você deve cumpri-lo", explica. O mesmo vale para as palavras "ético" e "responsável", características que o recrutador já espera que você tenha. Além disso, adjetivos em excesso no currículo podem passar uma má impressão.


6 - Especialista

Colocar que você é especialista em algo pode atrapalhar a visibilidade de seu currículo se a ideia é abrir o leque de possibilidades. Porém, é sempre importante que o currículo seja compatível com a busca. Se o objetivo é encontrar emprego somente na área em que você é especialista, esta dica não vale para você.


7 - Feedback

Jargões como "feedback", "proativo" ou "networking" e expressões desgastadas como "focado em resultados" devem ser evitados, segundo os especialistas. "As pessoas acabam colocando por senso comum, mas na verdade só mostram que o candidato usou clichês do mercado", afirma o gerente.


Outras dicas: nada de Ctrl C/Crtl V nem erros de português

Palavras copiadas de outros textos ou muito repetidas na hora de descrever as experiências profissionais, por exemplo, podem destruir as chances de emprego. "Isso mostra que a pessoa não teve cuidado, não pensou nas competências que ela adquiriu. Cada empresa tem seu histórico, é importante personalizar", afirma Capelossi.

Erros de português não devem estar no seu currículo se você quiser ser um profissional requisitado. Além da correção, é preciso pensar na clareza das palavras, recomenda Caletti. "Os candidatos precisam rever suas experiências e repensar como descrever da forma mais clara possível suas competências e habilidades."

Fonte BR! (https://economia.uol.com.br/empregos-e-carreiras/noticias/redacao/2017/08/30/palavras-dicas-curriculo-empregos-vagas-selecao-trabalho.htm)

Theo_Raeken
30-08-17, 06:58 PM
Excelentes dicas!
Eu tomo bastante cuidado com o meu currículo, mantenho atualizado e sempre fico esperto com os modelos a serem respeitados. Assim, evita "vergonha" na hora de enviar o mesmo.

andersonfariah
30-08-17, 07:54 PM
Quando fiz o curso técnico em RH minha mente abriu para muita coisa nesta área , principalmente aprender enxergar como se fosse um agente de Recrutamento e Seleção , na maioria das vezes a pessoa não tem tempo de ler currículo , então o ideal e ser simples, e ir direto ao ponto , focar em uma área por currículo , colocar data de nascimento, número de documento, estado civil e foto, apenas se a empresa pedir.

Deystan
31-08-17, 10:39 AM
Colocava quase tudo isso ai kkkk Agr estou numa empresa muito boa , sem politica de demissão. to tranquilo.

Mori
31-08-17, 10:59 AM
Muito boas as dicas mmelo76!

andersonfariah
31-08-17, 03:05 PM
Colocava quase tudo isso ai kkkk Agr estou numa empresa muito boa , sem politica de demissão. to tranquilo.
Opa , aí sim !

alinevalbuquerque
04-09-17, 01:49 PM
https://conteudo.imguol.com.br/c/noticias/8f/2017/08/24/curriculo-emprego-selecao-rh-1503601083300_615x300.jpg

Com a competição acirrada na busca por um bom emprego, o uso de uma palavra errada pode deixar o seu currículo fora da seleção dos recrutadores. Adjetivos exagerados, expressões óbvias e falta de cuidado na descrição de experiências são alguns dos erros a serem evitados, segundo Léo Capelossi, gerente da empresa de recrutamento Page Personnel, e Luciana Caletti, CEO e cofundadora do site Love Mondays, de avaliação de empresas.

A seguir, veja sete palavras que não devem estar no seu currículo, de acordo com os especialistas consultados:

1 - Criativo

Em vez de escrever simplesmente que é criativo, a dica dos especialistas é falar sobre projetos dos quais já participou ou anexar um link do seu portfólio. "É muito melhor quando o candidato descreve suas últimas experiências com resultados e fatos concretos", diz Caletti.


2 - Hobby

Gosta de surfar, costurar, jogar basquete? Os hobbies nem sempre refletem características relevantes para a vaga que você procura, além de ocupar um espaço precioso que poderia ser usado para mostrar suas habilidades vinculadas ao trabalho.


3 - Objetivo

Se o currículo for enviado junto com um e-mail de apresentação que explica seus objetivos, não é preciso repeti-los. Além disso, citar um objetivo muito restrito no currículo pode limitar as suas chances de arrumar um emprego. O importante é ter experiências consistentes, dizem os especialistas.


4 - Desempregado

Usar a palavra "desempregado" ou dizer que está "em busca de trabalho há muito tempo" pode mostrar fragilidade no momento da apresentação. "O poder de fogo de quem está fora do mercado acaba sendo menor do que o daquele que está trabalhando", afirma Capelossi. As datas das experiências profissionais já são suficientes para informar o recrutador sobre seu estado atual.


5 - Pontual

Escrever que é pontual não acrescenta nada para o recrutador, na opinião do gerente da Page Personnel. "A gente parte do princípio que, se um determinado horário é acordado, você deve cumpri-lo", explica. O mesmo vale para as palavras "ético" e "responsável", características que o recrutador já espera que você tenha. Além disso, adjetivos em excesso no currículo podem passar uma má impressão.


6 - Especialista

Colocar que você é especialista em algo pode atrapalhar a visibilidade de seu currículo se a ideia é abrir o leque de possibilidades. Porém, é sempre importante que o currículo seja compatível com a busca. Se o objetivo é encontrar emprego somente na área em que você é especialista, esta dica não vale para você.


7 - Feedback

Jargões como "feedback", "proativo" ou "networking" e expressões desgastadas como "focado em resultados" devem ser evitados, segundo os especialistas. "As pessoas acabam colocando por senso comum, mas na verdade só mostram que o candidato usou clichês do mercado", afirma o gerente.


Outras dicas: nada de Ctrl C/Crtl V nem erros de português

Palavras copiadas de outros textos ou muito repetidas na hora de descrever as experiências profissionais, por exemplo, podem destruir as chances de emprego. "Isso mostra que a pessoa não teve cuidado, não pensou nas competências que ela adquiriu. Cada empresa tem seu histórico, é importante personalizar", afirma Capelossi.

Erros de português não devem estar no seu currículo se você quiser ser um profissional requisitado. Além da correção, é preciso pensar na clareza das palavras, recomenda Caletti. "Os candidatos precisam rever suas experiências e repensar como descrever da forma mais clara possível suas competências e habilidades."

Fonte BR! (https://economia.uol.com.br/empregos-e-carreiras/noticias/redacao/2017/08/30/palavras-dicas-curriculo-empregos-vagas-selecao-trabalho.htm)

mmelo76

Obrigada por compartilhar.

Sou profissional da área de RH e atuei muito tempo com Recrutamento e Seleção.

Concordo com as dicas, exceto a terceira, que fala do objetivo

O objetivo no currículo ajuda e MUITO na hora da triagem, uma vez que, com a situação que estamos vivendo no país, o recrutador recebe inúmeros currículos de pessoas se candidatando por vaga.

Mas é preciso parcimônia na hora de delimitar os objetivos no currículo. Nada de atirar para todos os lados.

abraços

Alinevalbuquerque

_Bruna
04-09-17, 03:29 PM
Bom saber, alinevalbuquerque! Dá umas dicas pro pessoal do que é bom colocar como objetivo? :D

alinevalbuquerque
04-09-17, 07:01 PM
Bom saber, alinevalbuquerque! Dá umas dicas pro pessoal do que é bom colocar como objetivo? :D

Atendendo ao pedido da Bruna, seguem algumas dicas do que colocar no Currículo (que deve ter no máximo 2 páginas (nunca passar de 3) - quando o profissional for bastante experiente) e quando o profissional for iniciante, deve ter 1 página.

Parte 1 - Dados pessoais
Nome
Endereço
Telefone
e-mail
Idade (se for muito experiente, omita essa informação)

Não colocar na parte 1 - data de nascimento, número de documentos (isso é informado na admissão)

Parte 2 - Objetivo

mencionar o que deseja. Ou seja, em qual área (ou áreas) deseja atuar. Seja simples e objetivo

Exemplo: Posição na área de Contabilidade e Finanças

Não colocar na parte 2

Nada de atirar para todos os lados. Se mencionar mais de uma área de interesse, elas têm que ser correlatas.
Evitar mencionar objetivos tipo: Posição na área de Contabilidade, Finanças, RH, Marketing, Atendimento ao Cliente e Serviços Gerais.

Parte 3 - Formação

mencionar a sua maior formação.
Se vc tem nível superior, desnecessário mencionar onde fez o ensino médio, a não ser que seja um curso técnico profissionalizante que ira complementara sua formação superior ou tenha a ver com os seus objetivos profissionais.

Dizer onde fez o jardim de infância, nem pensar. rssss


Parte 4 - Experiência profissional

Mencionar

Nome da empresa
Ramo de atuação da empresa
período trabalhado
cargo
Principais atribuições

Parte 5 - Formação complementar

Dizer os cursos que fez

Nome do curso - Instituição promotora - ano que cursou
Nome do curso - Instituição promotora - ano que cursou
Nome do curso - Instituição promotora - ano que cursou

Parte 6 - Informatica

mencionar os aplicativos e programas que sabe usar e em qual nível.

Exemplo: Domínio como usuária do pacote office e internet

Parte 7 - Idiomas

mencionar o idioma e o grau de proficiência
Exemplo: Inglês - leitura intermediária, conversação, fluente

Pronto, são esses os passos para elaborar um currículo objetivo e com as informações necessárias para o recrutador.

Espero ter ajudado.

mmelo76
05-09-17, 09:01 AM
Excelente dicas!

Mori
05-09-17, 12:08 PM
Atendendo ao pedido da Bruna, seguem algumas dicas do que colocar no Currículo (que deve ter no máximo 2 páginas (nunca passar de 3) - quando o profissional for bastante experiente) e quando o profissional for iniciante, deve ter 1 página.

Parte 1 - Dados pessoais
Nome
Endereço
Telefone
e-mail
Idade (se for muito experiente, omita essa informação)

Não colocar na parte 1 - data de nascimento, número de documentos (isso é informado na admissão)

Parte 2 - Objetivo

mencionar o que deseja. Ou seja, em qual área (ou áreas) deseja atuar. Seja simples e objetivo

Exemplo: Posição na área de Contabilidade e Finanças

Não colocar na parte 2

Nada de atirar para todos os lados. Se mencionar mais de uma área de interesse, elas têm que ser correlatas.
Evitar mencionar objetivos tipo: Posição na área de Contabilidade, Finanças, RH, Marketing, Atendimento ao Cliente e Serviços Gerais.

Parte 3 - Formação

mencionar a sua maior formação.
Se vc tem nível superior, desnecessário mencionar onde fez o ensino médio, a não ser que seja um curso técnico profissionalizante que ira complementara sua formação superior ou tenha a ver com os seus objetivos profissionais.

Dizer onde fez o jardim de infância, nem pensar. rssss


Parte 4 - Experiência profissional

Mencionar

Nome da empresa
Ramo de atuação da empresa
período trabalhado
cargo
Principais atribuições

Parte 5 - Formação complementar

Dizer os cursos que fez

Nome do curso - Instituição promotora - ano que cursou
Nome do curso - Instituição promotora - ano que cursou
Nome do curso - Instituição promotora - ano que cursou

Parte 6 - Informatica

mencionar os aplicativos e programas que sabe usar e em qual nível.

Exemplo: Domínio como usuária do pacote office e internet

Parte 7 - Idiomas

mencionar o idioma e o grau de proficiência
Exemplo: Inglês - leitura intermediária, conversação, fluente

Pronto, são esses os passos para elaborar um currículo objetivo e com as informações necessárias para o recrutador.

Espero ter ajudado.

Muito bom! ;)

_Bruna
05-09-17, 12:42 PM
Atendendo ao pedido da Bruna, seguem algumas dicas do que colocar no Currículo (que deve ter no máximo 2 páginas (nunca passar de 3) - quando o profissional for bastante experiente) e quando o profissional for iniciante, deve ter 1 página.

Parte 1 - Dados pessoais
Nome
Endereço
Telefone
e-mail
Idade (se for muito experiente, omita essa informação)

Não colocar na parte 1 - data de nascimento, número de documentos (isso é informado na admissão)

Parte 2 - Objetivo

mencionar o que deseja. Ou seja, em qual área (ou áreas) deseja atuar. Seja simples e objetivo

Exemplo: Posição na área de Contabilidade e Finanças

Não colocar na parte 2

Nada de atirar para todos os lados. Se mencionar mais de uma área de interesse, elas têm que ser correlatas.
Evitar mencionar objetivos tipo: Posição na área de Contabilidade, Finanças, RH, Marketing, Atendimento ao Cliente e Serviços Gerais.

Parte 3 - Formação

mencionar a sua maior formação.
Se vc tem nível superior, desnecessário mencionar onde fez o ensino médio, a não ser que seja um curso técnico profissionalizante que ira complementara sua formação superior ou tenha a ver com os seus objetivos profissionais.

Dizer onde fez o jardim de infância, nem pensar. rssss


Parte 4 - Experiência profissional

Mencionar

Nome da empresa
Ramo de atuação da empresa
período trabalhado
cargo
Principais atribuições

Parte 5 - Formação complementar

Dizer os cursos que fez

Nome do curso - Instituição promotora - ano que cursou
Nome do curso - Instituição promotora - ano que cursou
Nome do curso - Instituição promotora - ano que cursou

Parte 6 - Informatica

mencionar os aplicativos e programas que sabe usar e em qual nível.

Exemplo: Domínio como usuária do pacote office e internet

Parte 7 - Idiomas

mencionar o idioma e o grau de proficiência
Exemplo: Inglês - leitura intermediária, conversação, fluente

Pronto, são esses os passos para elaborar um currículo objetivo e com as informações necessárias para o recrutador.

Espero ter ajudado.


Perfeito! Aposto que vai ajudar muita gente! Valeu pelas informações ;)